OSSC (MG) amplia oferta de cursos voltados à música - ACSC
busca
Acesso restrito

Notícias

OSSC (MG) amplia oferta de cursos voltados à música

03 de setembro de 2018

Obra Social Santa Catarina (MG) iniciou o segundo semestre com uma novidade para a comunidade do bairro Jardim Casablanca e entorno: aulas de canto coral. Uma ótima oportunidade, principalmente, para quem já pratica algum instrumento na oficina de música da Casa. Com pouco mais de quatro semanas de formação, o grupo, com regência de Irineu Pereira e Letícia Almeida, promoveu, no dia 30 de agosto, sua primeira apresentação pública.

“Nesta primeira etapa, estamos conhecendo os componentes, vamos separar as vozes e dar continuidade nessa construção do canto coral. Temos alunos de ambos os sexos e várias idades e isso é muito bacana. Estamos em busca de trabalhar o ouvido dos cantores, para que eles adquiram a sensibilidade para conhecer e ter noção da extensão e potência de sua voz. Depois disso é que vamos separar as vozes, pois na formação do coral temos soprano, contralto, tenor e baixo”, explica Irineu, que integra o time de instrutores de instrumentos de corda da OSSC há quatro anos.

Já Letícia atua como voluntária na casa há um ano e meio. Começou com a iniciação em flauta transversa e agora surgiu a oportunidade de assumir, pela primeira vez, a regência de um coro. Estudante do 6º período da Faculdade de Música da Universidade Federal de Juiz de Fora, a futura bacharel em canto fala como está sendo este desafio. “Eu já faço aula particular de regência e, aqui na Obra, estou podendo colocar em prática o que eu aprendo. Reger um coral sempre foi um desejo meu e espero crescer junto com o grupo”.

O coral da OSSC, batizado como EncantArte, tem um encontro semanal de duas horas. Neste início, o aquecimento tem tomado metade dos ensaios. “É para ver a estrutura, equilibrar as vozes. Por enquanto estamos cantando em uma só voz. Eu falo muito para os participantes sobre a importância da preparação, do cuidado imprescindível com a voz. Eu prefiro ter esse tempo agora para que os alunos iniciem com qualidade”, explica Letícia. Em sua primeira apresentação ao público, o coro cantou duas músicas: ‘Canto de um povo’, de Caetano Veloso, e ‘Romaria’, de Renato Teixeira.

E dia 3 de outubro, o grupo já tem mais um compromisso público: cantar na missa em homenagem a São Francisco de Assis, na paróquia do Bairro Bela Aurora.  “É mais um coral nascendo em Juiz de Fora. Tudo em prol da música. Já temos um convite feito para participarmos de alguns festivais. Isso é muito importante para a cidade. E para os alunos daqui, em especial, o coral está sendo um diferencial. Ele ajuda na disciplina e também na saúde. Temos alunos que, em pouco tempo, já relataram que a respiração melhorou. Outra aluna, que fumava, viu a importância do fôlego, do bom funcionamento dos pulmões para o canto, e já está em processo de parar de fumar. Também aprenderam a importância de lubrificar as cordas vocais. Isso tudo contribui para a saúde, em geral”, conta orgulhoso Irineu.

E não para por aí. Já tem alunos da OSSC se despontando e querendo até fazer faculdade de música. “Isso não tem preço. A gente fica muito feliz, porque iniciar o aluno é difícil, mas a oportunidade que eles têm aqui é importantíssimo. Esperamos que o nosso coral possa ser comentado em toda a cidade. Como já temos hoje alunos dos instrumentos de corda que são super elogiados”, alegra-se Letícia.

2019 - Associação Congregação de Santa Catarina - Todos os direitos reservados.