Governança Corporativa - ACSC
busca
Acesso restrito

Governança Corporativa

A Governança Corporativa, como qualquer modelo de administração, tem como dever prover mecanismos necessários para a preservação dos valores da cultura hoje vigente na Associação Congregação de Santa Catarina, ou seja:

- Missão Apostólica;
- Harmonia entre o compromisso evangélico e a ciência e técnica;
- Preservação do carisma e espiritualidade de Regina Protmann, de modo que a ACSC seja governada dentro de princípios evangélicos e cristãos, cuidando para ser a guardiã dos valores religiosos, éticos, morais e humanos professados desde a fundação da Congregação das Irmãs de Santa Catarina V.M..

A entidade tem uma estrutura baseada nas boas práticas do Instituto Brasileiro de Governança Corporativa (IBGC), na qual há um foco na prestação de contas das Casas geridas pela entidade e, consequentemente, planejamento estratégico mais elaborado.

Para implantar esse modelo de governança, foi constituído um Conselho de Administração, composto por 4 (quatro) irmãs e 2 (dois) assessores externos certificados pelo IBGC (um especializado em gestão financeira e outro com foco em gestão e recursos humanos). Em paralelo, as irmãs estão se aprofundando na análise de indicadores financeiros para a tomada de decisões, de acordo com a realidade de mercado, sem perder os valores cristãos que as levaram até a Congregação.

A atual estrutura é composta por:

Assembleia Geral: É um grupo de Irmãs associadas à Associação Congregação de Santa Catarina, com direito a voto em decisões da entidade, que elegem os membros do Conselho de Administração. Durante a Assembleia Geral Ordinária é feita a prestação de contas da gestão.

Conselho Fiscal: Composto por 3 (três) irmãs, que têm o papel de acompanhar a execução do planejamento e aprovar as demonstrações financeiras de todas as Casas geridas pela ACSC.

Conselho de Administração: Formado por 4 (quatro) irmãs e 2 (dois) assessores externos, é responsável pela orientação geral e monitoramento dos planos de ação, além de ter alçada deliberativa sobre questões estratégicas. A formação deste Conselho, em 2011, reforça a atuação das irmãs na tomada de decisão.

Comitê de Auditoria e Gestão de Riscos: Composto por 1 (um) assessor externo do Conselho de Administração, 1 (uma) Irmã, 5 (cinco) Diretores Corporativos e, como participante, o Gerente Corporativo de Auditoria Interna.
Comitê de Gestão de Pessoas: Composto por 1 (um) assessor externo do Conselho de Administração, 1 (uma) Irmã Conselheira e o Diretor Corporativo de Gestão de Pessoas.
Comitê de Ética: Composto por 1 (uma) Irmã, 1 (um) Diretor Corporativo, 2 (dois) Diretores de nossas Casas e o Gerente Corporativo de Compliance.
Comitê de Educação: Composto por 1 (uma) Irmã (Vice-Presidente do Conselho de Administração), 1 (um) Diretor Corporativo e 3 (três) Diretores de nossas Casas.

Papel dos Comitês: Padronizar, operacionalizar e fiscalizar as políticas e processos da Instituição. Conduzem estudos sobre assuntos e questões que demandam uma análise mais aprofundada e técnica (âmbito operacional), antes de serem deliberadas pelo Conselho de Administração.

Superintendente: Coloca em prática os direcionamentos e orientações emanadas pelo Conselho de Administração.

Diretorias Corporativas: São 9 (nove) diretorias:
- Operações
- Financeira
- Jurídica, Riscos e Compliance
- Gestão de Pessoas
- Relações Governamentais
- Saúde, Medicina e Segurança do Paciente
- Acadêmica
- Tecnologia da Informação
- Educação

Essas diretorias foram criadas com o objetivo de facilitar o acompanhamento de cada tipo de negócio da Associação. Como a ACSC tem atuação diversificada no setor de saúde, educação e assistência social, esse modelo preza pela gestão compartilhada na diretoria da Associação, de acordo com o tipo de negócio.

 

2018 - Associação Congregação de Santa Catarina - Todos os direitos reservados.